quinta-feira, agosto 23, 2007

Rim(ar) NAIF

A minha rua cheira a Mar,
como se as ondas, e o peixes
tivessem uma porta sua,
ao lado,
no meu andar.

Marulha baixinho no meu jardim,
acompanhando o sono, a chegar.
E eu digo que sim, cansado,
deixando-me levar...


Boa noite Mar, estrelas e lar
Vou-me deitar!

4 comentários:

Anónimo disse...

Fixe meu!...
Isso até dá um REP à maneira.
UAU!...

MJC

Pearl disse...

Que inocente!!!
Refrescante!!!

F. disse...

Gostei das sonoridades! Muy bien :)

MJC(Peixinho de Águas Quentes disse...

Meu querido,
como me lembei de algumas das partes deste teu poema.

Na casa da minha irmã, um 1º andar de um prédio, tem uma varanda quase parece que estamos na praia, e de onde por acaso avistei alguém tb parecido contigo a passear na praia e mais!... com um cão igualzinho ao teu!...

Mas é tão bom ouvir o som das ondas... (mas não quando o mar está bravo... mete-me medo).

E o belissimo por-do-sol?!...

São as Belissimas Maravilhas do nosso Belissimo Planeta Azul...

MJC

PS: é verdade... antes de embarcar num passeio de barco, vi, lá na marina de vilamoura, o Herman José sentado numa esplanada de um café. :-)